terça-feira, dezembro 15, 2009

Hipocrisia......

A hipocrisia é o ato de fingir ter crenças, virtudes, ideias e sentimentos que a pessoa na verdade não possui. A palavra deriva do latim hypocrisis e do grego hupokrisis ambos significando a representação de um ator, atuação, fingimento (no sentido artístico). Essa palavra passou, mais tarde, a designar moralmente pessoas que representam, que fingem comportamentos.

é a vida diária...

segunda-feira, dezembro 14, 2009

Dica de presente de Natal


Começo minhas dicas de presente de Natal, a de hoje é o livro - Nunca Antes na história deste pais - de Marcelo Taz.
Inclusive está com desconto pra compra via internet no site da Livraria da Folha. É bom aproveitar!

Livrinho bom de ler na rede depois do almoço, naquele sábado de verão. Só tome cuidado, porque certamente irá rir tanto que será quase u mdesafio se equilibrar em cima da rede.

Desenhos com caneta BIC



Lá naquele tempo remoto, de total desinteresse pela aula sempre tinha alguém que fazia uns desenhos com caneta BIC. Mas agora, vocês já viram os desenhos desse cara?
Viagem total e completa, o cara faz desenhos que parecem fotos! E tudo com uma mera caneta BIC azul.
Olha o site, vai ficar de boca aberta com a realidade dos desenhos!

domingo, dezembro 13, 2009

E ela foi pra NASCAR



Danica Patrick vai participar de parte da temporada da divisão de acesso da Nascar em 2010. A primeira corrida na categoria será em Daytona, em 14 de fevereiro, pela equipe JR Motorsports, de Dale Earnhardt Jr. e Rick Hendrick, com o carro de número 7. No entanto, fará uma prova pela Arca, divisão de base, no dia 6, para poder estar apta a participar da Stock Car americana.
O mais interessante é que como vários pilotos da NASCAR, ela continuará competindo em outra categoria. Ela permanece no time Penske na Formula Indy.

Espero que Danica, mostre a que veio, e melhore as posições de pilotos mulheres na Nascar. Hoje a melhor posição é de Sara Christian em quinto lugar.

quarta-feira, dezembro 02, 2009

quarta-feira, novembro 18, 2009

Dica do Findi - 21 e 22 de novembro


Tá aí a dica para quem fica em Porto Alegre nesse findi: Ranking de Skate na Sogipa.
Mais informações no site da Swell Skate.

segunda-feira, novembro 16, 2009

Tarantino's Mind

Tarantino's Mind

quinta-feira, novembro 12, 2009

Britta P.

Pois é... eu gosto bastante, ouve aí.

quinta-feira, outubro 15, 2009

Como mudar sem agredir


Estava lendo o Invertido, que por sinal é muito legal, e encontrei esse video, que faz parte da campanha The Fun Theory para mudar alguns hábitos, e transformar a vida das pessoas em momentos mais saudáveis e divertidos.



terça-feira, outubro 13, 2009

Que bonitinho...

Tu viu o "Histórias Curtas" no sábado? Não? Bah... então assiste, é bonitinho!

segunda-feira, setembro 28, 2009

Calderon = Twin Cuisine + Swell

Video Oficial do Calderón 2009 - 2ª Etapa from Marcel DallAgnol on Vimeo.



Dessa vez foi no sábado, muito divertido, tanto ou mais quanto o primeiro.
Ótimo conviver com pessoas que gostam do que fazem, e o mais legal de tudo isso é conhecer mais gente bacana.

O cardápio mudou mas a alegria foi a mesma, dessa vez foi Paella Campeira, a pedido da Pita! Muito gostoso, super colorido! Dia que envolve esporte, comilança, amigos e diversão, só pode ser bom!

Visitem o site da Swell Skate e vejam mais sobre o campeonato!

E como imagem, muita vezes é melhor do palavra, aí vão as fotos!


























segunda-feira, setembro 21, 2009

Querer

"Se as coisas são inatingíveis...ora!
Não é motivo para não querê-las
Que tristes os caminhos e se não fora
A mágica presença das estrelas".

(Mário Quintana)

quinta-feira, setembro 17, 2009

Age of Stupid

Para deixar registrado, hoje estreia em mais de 40 países esse documentário sobre o aquecimento global, e o que estamos fazendo em relação a isso. Bom como eu disse, estou linkando o video pra deixar registrado.
Minha posição sobre esse tema muitas vezes é controversa, amanhã com mais tempo escreverei mais!

Assiste o trailler!

quarta-feira, setembro 02, 2009

Primavera jantando no outuno


Descobri Fernando Chamarelli lendo a VOID, gostei muito! O que mais gostei foi do que está aí em cima.

O nome da obra é - Primavera jantando no outuno - Lindo né?

Let yourself feel

Estaban Diacono, é um designer grafico argentino que vive em Buenos Aires. Para uns minutinhos e assiste, é lindo!

let yourself feel. from Esteban Diácono on Vimeo.

terça-feira, setembro 01, 2009

11 minutos...

Campanha da Unimed contra o cigarro, eu gostei muito.

quarta-feira, agosto 19, 2009

O Raul que sabia...

Ele sabia, a natureza tá certa.

"Esse negócio de aterro... a onda tá certa... é profético"

United Break Guitars

Hoje pela manhã, tive um daqueles desprazeres da vida, ligar pra Oi (sim a Oi que se diz descomplicada) pra tentar resolver um problema que eles mesmos criaram.
Claro que depois de uma longa e comprida estada do meu ouvido no telefone, o caso não se resolveu.
Certamente tu aí, já passou por isso né? Consegue entender bem esse sentimento, aquela vontade de esmagar qualquer coisa que se vê pela frente quando desliga o telefone.

Então, abri meu e-mail e dei de cara com esse link do youtube... o sentimento é o mesmo, o problema semelhante, a falta de comunicação entre o prestador de serviço e o cliente. Para um minutinho aí e olha, tô muito fã desse cara.

terça-feira, agosto 18, 2009

Calderon Bowl = Swell + Twin Cuisine

Final de semana de pura curtição!
Com o Velopark em obras, e as nossas provas passando de data em data... eu já estava com saudade daquela espectativa, ansiedade e clima de competição que rola num dia de diversão que envolve campeonato. Campeonato de qualquer coisa é bom né? Se tiver esse clima até campeonato de bolinha de gude tá valendo.

Pra minha felicidade, um tempo atrás conhecemos o pessoal da Swell, e nesse findi fechamos uma parceria que tá com toda a cara que tem tudo pra dar certo. O primeiro episódio já provou isso.

Campeonato Calderon Bowl com uma feijoada incrível feita por nós, isso mesmo, as finger foods e o minimalismo tiraram o findi de folga, pra entrada da clássica feijoada!
Claro que tudo no nosso estilo... feijão organico de altissima qualidade, comprado direto do produtor. E carnes magrinhas pra encrementar o calderão, costelinha, lombinho e linguiçinha, tudo lá do Frigorifico da Borrussia.

Foi um findi de diversão, de conhecer gente nova e bacana, num lugar que tem um astral fascinante. Voltamos de lá com a cabeça cheia de idéias, borbulhando como o calderão da feijoada!

Dá uma olhada no vídeo e sente o clima!

segunda-feira, julho 20, 2009

Obsessão

Tão desesperado e tão obsessivo...
Comecei a ler, e quase pensei em parar, mas era tão angustiante que continuei pra saber até onde iria, e vai ficando cada vez mais denso. Alguém tem esse livro?


Os Três Mal-Amados
João Cabral de Melo Neto

Joaquim:

O amor comeu meu nome, minha identidade, meu retrato. O amor comeu minha certidão de idade, minha genealogia, meu endereço. O amor comeu meus cartões de visita. O amor veio e comeu todos os papéis onde eu escrevera meu nome.
O amor comeu minhas roupas, meus lenços, minhas camisas. O amor comeu metros e metros de gravatas. O amor comeu a medida de meus ternos, o número de meus sapatos, o tamanho de meus chapéus. O amor comeu minha altura, meu peso, a cor de meus olhos e de meus cabelos.
O amor comeu meus remédios, minhas receitas médicas, minhas dietas. Comeu minhas aspirinas, minhas ondas-curtas, meus raios-X. Comeu meus testes mentais, meus exames de urina.
O amor comeu na estante todos os meus livros de poesia. Comeu em meus livros de prosa as citações em verso. Comeu no dicionário as palavras que poderiam se juntar em versos.
Faminto, o amor devorou os utensílios de meu uso: pente, navalha, escovas, tesouras de unhas, canivete. Faminto ainda, o amor devorou o uso de meus utensílios: meus banhos frios, a ópera cantada no banheiro, o aquecedor de água de fogo morto mas que parecia uma usina.
O amor comeu as frutas postas sobre a mesa. Bebeu a água dos copos e das quartinhas. Comeu o pão de propósito escondido. Bebeu as lágrimas dos olhos que, ninguém o sabia, estavam cheios de água.
O amor voltou para comer os papéis onde irrefletidamente eu tornara a escrever meu nome.
O amor roeu minha infância, de dedos sujos de tinta, cabelo caindo nos olhos, botinas nunca engraxadas. O amor roeu o menino esquivo, sempre nos cantos, e que riscava os livros, mordia o lápis, andava na rua chutando pedras. Roeu as conversas, junto à bomba de gasolina do largo, com os primos que tudo sabiam sobre passarinhos, sobre uma mulher, sobre marcas de automóvel.
O amor comeu meu Estado e minha cidade. Drenou a água morta dos mangues, aboliu a maré. Comeu os mangues crespos e de folhas duras, comeu o verde ácido das plantas de cana cobrindo os morros regulares, cortados pelas barreiras vermelhas, pelo trenzinho preto, pelas chaminés. Comeu o cheiro de cana cortada e o cheiro de maresia. Comeu até essas coisas de que eu desesperava por não saber falar delas em verso.
O amor comeu até os dias ainda não anunciados nas folhinhas. Comeu os minutos de adiantamento de meu relógio, os anos que as linhas de minha mão asseguravam. Comeu o futuro grande atleta, o futuro grande poeta. Comeu as futuras viagens em volta da terra, as futuras estantes em volta da sala.
O amor comeu minha paz e minha guerra. Meu dia e minha noite. Meu inverno e meu verão. Comeu meu silêncio, minha dor de cabeça, meu medo da morte.

As falas do personagem Joaquim foram extraídas da poesia "Os Três Mal-Amados", constante do livro "João Cabral de Melo Neto - Obras Completas", Editora Nova Aguilar S.A. - Rio de Janeiro, 1994, pág.59.

domingo, julho 19, 2009

"A JÚLIA"


A Júlia
Auta de Souza

No teu olhar, cheio da luz chorosa
Que envolve o Espaço quando a tarde expira,
Bóia uma doce mágoa lacrimosa,
Uma saudade indefinida gira.
E quando afirmes que não tem começo
A dor sem fim que no teu seio existe
Queres assim, eu muito bem conheço,
Fazer-me crer que já nasceste triste.
E falas a sorrir: “Essa dolente
Tristeza amarga que me empana o olhar
É a vaga chorando eternamente
Por não poder se separar do mar...”
E se te fito a umedecida boca
E vejo rubro o lábio que sorri,
Logo pergunto, num cismar de louca,
À mente e ao coração, se és tu quem ri.
Pois é tão mansa a chama destes olhos
Envoltos na carícia do sorriso,
Que eu penso que teus cílios são abrolhos,
Abrolhos rodeando um paraíso...



Esse poema foi escrito por Auta de Souza, considerada uma das maiores poetisas do Brasil, viveu no século XIX, nasceu no RN e teve uma vida marcada por perdas, quase sempre relacionadas a doença que castigou este século, a tuberculose. Porém escreveu lindos poemas.

Para saber mais: Auta de Souza

sexta-feira, julho 17, 2009

Nova loja virtual da Casa Al Mare Patchworck!




Sabe aquelas mantas de patchwork macias e confartáveis, que só de pegar agente já se sente na casa da mami?

A Casa Al Mare Patchwork, produz essas delícias e muito mais. Agora além do blog e do Flickr, tem uma nova loja virtual onde se pode fazer as compras sem sair da frente do computador. E vamos combinar né? Nada como o conforto de escolher e comprar pela internet! Se você ainda prefere ser atendida com exclusividade, mande um e-mail que a resposta é imediata e com toda atenção que necessita.

Casa Al Mare Patchwork - www.casaalmarepatchwork.com

quinta-feira, julho 16, 2009

OPEN, REI da RUA, TOP 16 - 22 de AGOSTO

Notícia fresquinha:

Enfim a data tão esperada pelos amantes da Arrancada, saiu! É dia 22 de agosto o grande dia - Quarta Prova do Campeonato da Associação Desafio.

Dia de ver as arquibancadas cheias, e novidades na reta do Velopark. Agora faltando apenas 3 provas para o final do Campeonato da AD e do TOP16, a disputa começa a ficar realmente intensa.

Com os quatro primeiros do Campeonato (Rafael Pires, Rafael Andreis, Leandro Fraga e Sergio Fontes) com diferenças pequenas, veremos disputas incríveis na pista.

Para saber mais sobre esta noticia:

Site Oficial Associação Desafio

domingo, julho 12, 2009

Lá em Irará

Quando eu nasci, o homem já havia estado lá. Caminhado, pulado e fincado a bandeira.
Se muitas crianças já sonhavam em ser astronautas, depois daquele momento praticamente todas que souberam do feito já estavam com a resposta na ponta da língua: O que serás quando crescer? ASTRONAUTA!

Quando pequena eu tinha convicção de que perto dos meus 30 anos já teria visitado a Lua, saído pelo espaço, visto as estrelas...
Já grandinha eu ainda acreditava nisso. Fiz um trabalho para escola, era um anuncio de uma agência de turismo que vendia pacotes para viagem a Lua. Uns 8 anos depois eu vi na televisão, um ricaço pagar para visitar as estrelas.

Lá em Irará, Ioiô Martins garantiu. Se ele falou, está falado, mas eu ainda acredito que é possível.

segunda-feira, junho 29, 2009

Novo curta da PIXAR!

Esse é o novo curta da PIXAR, vale a pena parar um pouquinho e curtir!

segunda-feira, maio 25, 2009

Campeonato de Arrancada Velopark e Associação Desafio

Neste final de semana (dias 30 e 31 de maio), acontece o Campeonato de Arrancada do Velopark, é esperado grande disputa dos pilotos argentinos e brasileiros que já fizeram as arquibancadas vibrar no ano passado.

E Asssociação Desafio prestigia seus membros e pilotos com ingressos para assistir de pertinho os pegas espetáculares do final de semana.

Os primeiros 16 pilotos do Campeonato da Associação Desafio, ganham um par de ingressos especiais, com acesso aos boxes. Já os membros e demais pilotos ganham ingresso na arquibancada A, onde poderão ver as grandes disputas.

Nessa etapa o Velopark disponibilizou para o público, transporte em ônibus, então se liga e não perde esse espetáculo!

Transporte/Ônibus
Durante o final de semana deste evento, um ônibus circular da empresa Via Nova fará viajens entre as Estações Canoas/La Salle, Mathias Velho e o Velopark.
Preço comum: R$ 2,35
Integração-Metrô: R$ 3,20


Você membro da AD: para retirada do ingresso entre em contato conosco pelos números 93189108 / 92483007.

Sites relacionados:

Site Associação Desafio

Site Velopark

terça-feira, abril 28, 2009

Swell Gatorade Old Is Cool

Vai ficar aí no findi? É? Daí bateu aquela deprê... todo mundo na praia e tu aqui. Se liga hein, nesse feriado vai rolar um Campeonatinho muito bacana na Swell Skate Camp.

Na volta do feriado, faz aquela média com os amigos e descobre quem se divertiu mais, eu já sei a resposta...


Associação Desafio de casa nova na web!

Desde ontem, dia 27 de abril. A AD está de casa nova na WEB.

O site que foi todo reformulado por Adriana Sugimoto que conta com uma super equipe de colaboradores, onde Igor Terres do RSDragRacing e Jeferson Saldanha do Sul Racing recheiam o site de fotos espetáculares da pista e dos bastidores.

O canal que além de mostrar vídeos, informações minuto a minuto via twitter em dia de provas, ainda conta com matérias cheias de informações e diversão dos colaboradores.

Provavelmente o que mais chamou a atenção dos pilotos foi a tabela para calcular online seus pontos no campeonato.

Fica minha dica: entre, conheça e envie para seus amigos.
AD crescendo cada vez mais, com profissionalismo e competencia.

http://www.categoriadesafio.com.br/

terça-feira, abril 21, 2009

Receitas do Igor

Quando o cara é criativo, merece confete, não acham?
Bom num papo com o meu grande amigo Igor, descobri que ele faz uma receita incrivel de arroz, vermelho, sim isso mesmo o arroz ficou vermelho. Mas junto ainda ganhei a receita do fantástico filé... imperdível:



(22:13) igor:
julia
(22:13) igor:
fala pra rita
(22:13) igor:
que o file ficou SENSACIONAL!
(22:13) Júlia:
que file?
(22:15) Júlia:
tu fez u mfile?
(22:16) igor:
temperei com suco de laranja, aceto balsamico, sal, pimenta e ervas de provence
(22:17) Júlia:
mas ahhhh
(22:17) Júlia:
que delicia
(22:19) igor:
achei que ia sair uma meleca, ate falei pra rita
(22:19) Júlia:
o que acompanhou?
(22:19) igor:
bah, esse foi invencao
(22:19) igor:
abri um tomate ao meio
(22:19) igor:
coloquei com a parte aberta
(22:19) Júlia:
tirou as sementes?
(22:20) igor:
pra ir se desmanchando enquanto o oleo de oliva esquentava
(22:20) igor:
refoguei uma cebolinha picada nesse meio tempo
(22:20) igor:
e quando virou papa
(22:20) igor:
coloquei um arroz que tinha pronto na geladeira
(22:21) igor:
e no final uma salsinha picada
(22:21) igor:
ficou bem sequinho
(22:21) igor:
e bem vermelho
(22:21) Júlia:
mas que incrivel!
(22:21) Júlia:
arroz vermelho!
(22:21) Júlia:
poh igor baita receita
igor diz:
hehehe
igor diz:
esqueci da foto
a aparencia da carne ficou fantastica
igor diz:
dourada por fora
igor diz:
acho que por causa da laranja

domingo, abril 12, 2009

FELIZ PÁSCOA!


Lindos né? Eu e a mãe mudamos a forma de fazer ovinhos! Forramos com tecidos, ovos patch!

Feliz páscoa para todos!

domingo, abril 05, 2009

Pretinha e a água

video

A Preta passou boa parte da manhã nessa guerra com a água que saía pelo furinho da mangueira. Sei que os cachorros enchergam de forma diferente dos humanos, quadro a quadro, ou seja, ela via as gotas, enquanto agente via um jato d'água.

É engraçado, e ótimo de ver como filhotes tem a capacidade de se divertir com tanta facilidade.

sexta-feira, março 27, 2009

Os homi!

Aconteceu ontem, inacreditável!

Tinhamos um ar condicionado que já não funcionava bem, e não valia a pena concertar.
Então coloquei do lado de fora de casa para algum passante interessado, se encarregar de levar.

Depois de alguns minutos, apareceu um papeleiro, bateu aqui na porta e perguntou se podia levar, ainda disse o seguinte:

- "O moça, posso levar? Tem que pedir né, pra ninguém vir dizer depois que tô roubando!"

E lá se foi o cidadão cheio de sacos de papel e o ar condicionado. O sorrisão no rosto, feliz da vida.

Passou meia hora, volta o cidadão.

- "O Dona, tava ali na Benjamin, e 'veio os homi' e me deram uma surra, dizendo que eu tinha roubado o ar!"

Sim, 'os homi' deram uma surra no cara e ainda por cima levaram o ar condicionado dele. Sem cabimento, não é mesmo?

terça-feira, março 24, 2009

Em 2005, li um livro chamado, - Em Busca do Prato Perfeito - em muitos momentos, consegui me enchergar nos lugares onde ele estava, e sentir o cheiro, o gosto, e tudo que estava em volta. Sudoeste Asiatico, China e India foram os destinos que mais me marcaram.

Muito da minha inspiração gastronomica vem dessa descoberta dos sabores da Asia.
Que sáo frescos, coloridos, autenticos e marcantes, como o Brasil, que tem uma culinaria bem democratica e cheia de ingredientes que sao exclusivamentes daqui.

Misturar isso tudo com o tradicional, com o que lembro de sabores da infancia e criar algo novo, é o que me satifaz. Hoje substituo tranquilamente o creme de leite de um prato por leite de coco, nao tenho receio algum em substituir ingredidentes e criar o novo, e acredito que este seja o maior diferencial de novos cozinheiros. Não ter medo de ousar.

Porém existem aspectos que são insubstituiveis, e o principal é utilizar os alimentos a seu favor.
Encontrei em uma revista a definição perfeita para o que acabei de dizer:

"O garfo é a ferramenta mais poderosa para transformar a saúde e melhorar o humor, a mente e o metabolismo."

Então é isso, ser prudente nas escolhas, mas não ter medo de ousar!


* Em Busca do Prato Perfeito - escrito Anthony Bourdean, Chef de Cozinha de NYC do famoso Les Halles

sexta-feira, março 20, 2009

Tchau verão! Bem vindo outono!


Hoje, as oito horas, o verão vai embora.

Bem vindo outuno! Que os finais de tarde se tornem mais laranjas, e as folhas amarelas, que os Caquis amadureçam depressa!

De verdade, verdadeira, espero que os dias quentes e super ensolarados fiquem um pouco mais... admito.

Mas as noites mais fresquinhas já me fazem feliz a ponto de rever a saudade do verão!

quarta-feira, março 18, 2009

Crise, que crise?

Um homem vivia à beira de uma estrada e vendia cachorro quente.
Ele não tinha rádio, não tinha televisão e nem lia jornais, mas produzia e vendia o melhor cachorro quente da região.
Ele se preocupava com a divulgação do seu negócio e colocava cartazes pela estrada, oferecia o seu produto em voz alta e o povo comprava e gostava.
As vendas foram aumentando e. cada vez mais ele comprava o melhor pão e a melhor salsicha.
Foi necessário também adquirir um fogão maior para atender a grande quatidade de fregueses.
E o negócio prosperava e prosperava...
Seu cahorro quente era o melhor!
Vencedor, ele conseguiu pagar uma boa escola ao filho. O menino cresceu, e foi estudar Economia numa das melhores faculdades do país.
Finalmente, o filho já formado, voltou para casa, notou que o pai continuava com a vida de sempre, vendemos, agradando e prosperando e teve uma séria conversa com o pai:
- Pai, então você não houve rádio? Você não vê televisão? Não acessa a internet e não lê jornais? Há uma grande crise no mundo. A situação do nosso País é crítica. Está tudo ruim. O Brasil vai quebrar.
Depois de ouvir as considerações do filho Doutor, o pai pensou:
- Bem, se meu filho que estudou Economia na melhor Faculdade, lê jornais, vê televisão e interent, e acha isto, então só pode estar com razão!
Com medo da crise, o pai procurou um Fornecedor de pão mais barato (e é claro, pior). Começou a comprar salsicha mais barata (que era também, a pior).
Para economizar, parou de fazer cartazes de propaganda na estrada. Abatido pela noticia da crise já não oferecia o seu produto em voz alta. Tomada essas "providencias", as vendas começaram a cair e foram caindo, e chegaram a níveis insuportáveis e o negócio de cachorro quente do velho, que antes gerava recursos até para fazer o filho estudar economia na melhor Faculdade... quebrou.
O pai trsite, então falou para o filho:
- 'Você estava certo, meu filho, nós estamos no meio de uma grande crise'.
E comentou com os amigos, orgulhoso:
-'Bendita a hora em que fiz meu filho estudar economia, ele me avisou da crise'...


Vivemos em um mundo contaminado de más noticias e se não tomarmos o devido cuidado, essas más noticias nos influenciarão a ponto de roubar a prosperidade de nossas vidas.


Este texto, veio impresso em um papel que recebi no Ponto das Padarias onde somos clientes frequentes, exatamente por oferecem qualidade nos produtos e ter um ótimo atendimento.

E é isso aí mesmo, existe um problema na economia mundial, mas não quer dizer que isso afete todos os setores, ou que as pessoas devam entrar em panico.
Em momentos como este, devemos avaliar se o trabalho que estamos oferecendo é o melhor, se não for, este é o tempo de fazermos o melhor.